DERI

| 19, Dez- 2022| 

Delegação da Unicamp retoma atividades de internacionalização

| Autor Paula Penedo Pontes
| Foto Acervo pessoal
| Edição de imagem Paulo Cavalheri

Entre os dias 14 e 18 de novembro, uma delegação liderada pelo reitor da Unicamp, Antonio José de Almeida Meirelles, esteve no Reino Unido para reforçar a imagem da Universidade junto a importantes instituições parceiras do exterior. A missão é uma iniciativa da Diretoria Executiva de Relações Internacionais (Deri) da Unicamp, apoiada pela Coordenadoria Geral da Universidade (CGU), e tem como principal objetivo retomar as atividades de internacionalização que haviam sido interrompidas durante a pandemia de covid-19 e aprofundar as parcerias já existentes.

Delegação da Unicamp visitou as universidades de Cardiff, Birmingham, Imperial College e London School of Economics (LSE)

Ao longo da semana, a comitiva participou de reuniões com as Universidades de Cardiff, Birmingham, Imperial College e London School of Economics (LSE), que já desenvolvem projetos de pesquisa estratégicos com a Unicamp. A parceria com a Universidade de Cardiff, por exemplo, rendeu um significativo número de projetos com a participação de mais de cem docentes e pesquisadores de ambas as instituições, enquanto a Universidade de Birmingham mantém uma intensa colaboração em áreas como neurociências, imunologia, mudanças climáticas, transportes e mobilidade, multilinguismo e estudos pós-coloniais.

De acordo com o reitor, as instituições britânicas demonstraram muito entusiasmo com estreitar as relações de cooperação em pesquisa e ensino junto à Unicamp, especialmente no tema da sustentabilidade, área na qual a universidade brasileira tem forte atuação tanto nos setores de tecnologia e ciências naturais quanto no de humanidades. “Nosso poder de atração como instituição é muito forte nesse tema e pode alavancar nossa cooperação com instituições estrangeiras. Pretendemos estreitar e fortalecer essas cooperações, assim como ampliar nossa internacionalização atraindo estudantes e talentos desses países para uma temporada na Unicamp”, revela Meirelles.

O reitor Antonio Meirelles com Adam Tickell, vice-chancellor and principal da Universidade de Birmingham
O reitor Antonio Meirelles com Colin Riordan, vice-chancellor da Universidade de Cardiff

Durante a viagem, a delegação também se encontrou com o embaixador brasileiro em Londres, Fred Arruda, momento em que foi feita a apresentação do Hub Internacional de Desenvolvimento Sustentável (HIDS). Essa iniciativa visa construir uma estrutura que combine e articule ações voltadas a promover parcerias e projetos de cooperação entre diferentes instituições em torno dos 17 ODS (Objetivos do Desenvolvimento Sustentável) da Agenda 2030 da ONU (Organização das Nações Unidas). E o desejo da Unicamp é que as representações brasileiras no exterior deem maior visibilidade a esse projeto junto aos governos e empresas dos mais diferentes países.

“As visitas realizadas foram de muito sucesso. Pudemos reiterar colaborações existentes há décadas e iniciar novos tipos de colaboração em pesquisa e mobilidade de estudantes de graduação e pós-graduação, bem como de docentes, pesquisadores e funcionários administrativos”, relata o professor Osvaldir Taranto, diretor executivo de Relações Internacionais da Unicamp, integrante da delegação. “Em nossa conversa com o embaixador do Brasil, além de tecer elogios à Unicamp, ele se mostrou muito disposto a nos apoiar nessas ações no Reino Unido”, confirma.

Além do reitor e de Osvaldir Taranto, a delegação enviada ao Reino Unido contou com a participação dos assessores da Deri Rafael Dias e da Pró-Reitoria de Pesquisa (PRP) Marcelo Brocchi, dos diretores do Instituto de Física “Gleb Wataghin” (IFGW), Mônica Cotta, e da Faculdade de Ciências Médicas (FCM), Claudio Coy, dos diretores associados do Instituto de Estudos da Linguagem (IEL) Petrilson Pinheiro e do Instituto de Geociências (IG) Emilson Leite e de Mayara Morais, da equipe de mobilidade da Deri.

Matéria originalmente publicada no Portal Unicamp